08 de Março, Dia Internacional (de luta) da Mulher

História do Dia Internacional da Mulher

Qual o significado do dia 8 de março? As lutas das mulheres. Esta é a importância da data, que não deveria servir para simplesmente celebrar as mulheres com flores e chocolate, mas para comemorarmos nossas conquistas, honrando o suor sangue e lágrimas de feministas cujas lutas mudaram radicalmente a participação política, social e econômica das mulheres.

História do 8 de março

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova York, fizeram uma grande greve, tendo ocupado a fábrica onde trabalhavam para reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução da jornada (de 16h para 10h!), equiparação de salários com os homens, e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência:as mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas.

Porém foi somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, que ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem às que morreram na fábrica em 1857. E foi somente no ano de 1975, através de um decreto, que a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Garotas, vamos lá. Deixar que o mundo seja salvo pelos homens? Acho que não!

A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu nos primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto. Em 1910, ocorreu a primeira conferência internacional de mulheres, em Copenhaga, dirigida pela Internacional Socialista, quando foi aprovada proposta para a instituição de um Dia Internacional da Mulher, embora nenhuma data tivesse sido especificada.

Posteriormente, em 8 de março de 1917, as comemorações do Dia Internacional da Mulher foram marcadas por manifestações de trabalhadoras russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Os protestos foram brutalmente retribuídos, precipitando o início da Revolução de 1917.

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poster alemão de 1914 em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, conclama o direito ao voto feminino.

A ideia de instituir o Dia Internacional da Mulher surge no contexto da Segunda Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina, em massa, na indústria.

O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, por iniciativa do Partido Socialista da América, em memória do protesto das operárias da indústria do vestuário de Nova York.

Infelizmente a data rapidamente perdeu sua vertente política e tornou-se uma ocasião em que os homens manifestam simpatia ou amor pelas mulheres – uma mistura de Dia das Mães com Dia dos Namorados, com direito a presentes, flores e chocolate. O Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920. e, posteriormente, a data caiu no esquecimento e só foi recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960.

Objetivo da Data

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Respeite as mulheres!

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

 

Esta postagem faz uma misturinha descarada entre textos originalmente publicados no site SuaPesquisa.com e na Wikipédia, e ambos foram parcialmente editados pela equipe #CDMJ para esta publicação. Os rabiscos são inteiramente nossos.

Imagem destacada: Pussy Riot, da Rússia, com amor.

Comments

Comentários